08/09/19

Setembro = Recomeço




Ao longos dos anos em que vos escrevo, muitas vezes vos partilhei algumas vivencias pessoais, não obstante, alguns obstáculos no caminho. Nessas partilhas, trouxe-vos o tema do recomeço, como barómetro de evolução pessoal.
Setembro remete-me para a introspecção e para o que desejo alcançar até ao próximo Setembro [quase como se continuasse a ser a estudante em que o ano começa no mês nove].
Olho para o meu percurso e apercebo-me que está repleto de recomeços. E o extraordinário é que não olho com tristeza ou arrependimento, olho com alegria e entusiasmo, como se sentisse borboletas a voar dentro de mim, borboletas que me dizem que devo continuar e que a mudança é necessária para alcançar os meus sonhos.
Se é difícil? Imenso... Muitos momentos de desalento e descrença que quase boicotam o caminho que me proponho a fazer, mas mesmo no limiar da fuga, o bater de asas das borboletas dão-me a força que preciso para mudar de direção.

Isto para vos dizer, que chegou Setembro e têm nas vossas mãos a oportunidade de fazer o que quiserem com a vossa vida. Se estás feliz, continua o caminho, mas desafia-te a ir mais longe de forma a evoluíres o máximo que conseguires, pois manter tudo “sossegado” é esquecer que a vida pode ser muito mais do que a paz que já encontraste. Viver é sentir!
Se não estás feliz, muda a rota. Recomeça... Terás medo e vontade de parar e ficar nessa emoção triste a que te habituaste, mas se te levantares, se te atreveres a lutar pelo teu sonho, garanto-te que apesar das dificuldades que encontrarás, encontrarás também a emoção dentro de ti e a adrenalina de caminhar com fé até ao destino a que te propões.

Os recomeços serão sempre uma oportunidade de evolução. No momento não aceitas nem entendes essa dor e adversidade, mas depois... Depois perceberás que tinhas de recomeçar para teres a vida que tens hoje.

Desejo-vos um Setembro cheio de recomeços.


Com amor,
Débora
SHARE:

Sem comentários

Enviar um comentário

© A Psicóloga que também é Blogger . All rights reserved.