11/03/19

A Clínica da AutoEstima



"Ainda me lembro dos amigos que não tive quando precisei deles para brincar.
Ainda me lembro de ir para a escola a chorar por não ter com quem falar.
Ainda me lembro de não querer acordar e o mundo de novo encarar.
Ainda me lembro de não ter uma amiga para partilhar."

Menina depreciada por ser diferente...
Menina depreciada por ser magrinha
Menina depreciada por não se vestir bem
Menina depreciada por não ser inspiração de ninguém.

- Não tens direito a ter amigos.
- És feia!
- És burra!
- És pobre!
- Ela é melhor que tu!
- Elas são melhores que tu!
- Tu não tens valor!
- Tu não consegues!
Diziam-me...

Namorado?
Mas quem é que te quer?
Já te viste ao espelho?

Assim cresceu a menina gozada,
Acreditando que não tinha valor, mas lutanto...

Menina gozada cresceu...
Menina gozada, estudou!
Menina gozada, transformou-se!
Menina gozada, lutou!
Menina gozada, provou... Tenho valor!!!

Hoje é inspiração para meninas gozadas!
Hoje ajuda lagartas a tansformarem-se em borboletas!
Hoje ajuda borboletas a voar!
Hoje não é gozada!
E não precisa gozar com outras para ser respeitada!”


Na minha infância não tive amigos... Vivi num monte, no Alentejo e não tinha ninguém além de um primo para brincar. A entrada na escola primária trazia a expectativa de ter muitos meninos para brincar, contudo, não foi isso que aconteceu.
O meu sonho depressa se desvaneceu ao perceber que não “gostavam” de mim. Era “pobre, magra e feia”, diziam-me, então, não tinha direito a brincar com eles.
Vivi isto em silencio... Não pensei que fosse importante contar aos meus pais.
Fui para o 5º ano pensando que alguma coisa mudaria, mas com a crença instalada de que não era suficientemente boa.
A crença continuou a confirmar-se, vivi uma adolescência triste, sendo a sombra das amigas giras, sempre a depreciar a pessoa que eu era. Aceitei a situação... Refugiava-me na escrita e no desenho, eram a minha terapia e nem eu sabia a importância que isso teria.






Algures, antes da entrada para a Universidade, comecei a sentir que tinha algum valor e talvez pudesse fazer algo para mudar o meu mundo.
Decidi estudar Psicologia, apesar de todos me dizerem que era tempo perdido pois não conseguiria uma carreira nessa área.

O certo é que lutei e consegui. Tenho uma carreira sólida enquanto Psicóloga Clinica (podem ler a história aqui http://www.apsicologaquetambemeblogger.pt/2013/06/sorte-ou-paixao.html) e tenho a certeza que se tivesse continuado a acreditar que não tinha valor, não tinha mesmo conseguido.

Ao longo destes anos, usei sempre o Amor como base de todos os processos terapêuticos e percebi, que o Amor cura e a falta dele provoca doença.

A AutoEstima é a base da felicidade e do bem-estar. A maioria das pessoas que me procuram sofrem de baixa AutoEstima. Desde muito cedo percebi que esse era o tema que mais gostava de trabalhar, afinal, todos ensinamos aquilo que mais precisamos de aprender.
Sei bem o que é viver com baixa AutoEstima e o meu Sonho é que todas as pessoas possam amar-se incondicionalmente.
O meu trabalho clínico mostrou-me que a conquista do Amor próprio é um trabalho de formiguinha que deve ser feito diariamente e mantido para o resto das nossas vidas.
O Sonho da minha vida enquanto Psicóloga sempre foi criar a Clinica da AutoEstima. Um espaço de Amor onde cuidamos da capacidade que cada um tem de gerar Amor Próprio. Um espaço de serviços complementares que promovem a AutoEstima de dentro para fora. É dentro que ocorre a mudança.
Não procurem fora do vosso coração. Procurem dentro de vós! Reparem no que sentem. Não ignorem emoções.
A Clínica da AutoEstima pretende direcionar a sua atenção para o seu eu interno. O eu, que realmente o caracteriza e torna pessoa.
Esta vida é a sua história! Não valerá a pena criar uma história interessante? A maior aventura da sua vida é olhar para dentro de si e conhecer quem realmente é. 
Esse caminho poderá ser longo e com obstáculos, mas garanto-lhe que a sua persistência o levará ao melhor destino de todos: "Quem sou eu"

Na Clinica da AutoEstima facilitamos esse caminho.

Amanhã [12 de Março de 2019], 10 anos depois de me formar em Psicologia Clínica, nasce a Clínica da AutoEstima. A Clinica onde transformamos lagartas em lindas borboletas.
Tenho comigo uma equipa de lindas Mulheres, todas cheias de Amor como eu. Estou desejando de vos apresentar quem estará comigo de mãos dadas nesta viagem. Fiquem por aqui :)

Espero por si!

Com Amor,
Débora

SHARE:

Sem comentários

Enviar um comentário

© A Psicóloga que também é Blogger . All rights reserved.