20/06/17

Solidão




Nove meses e a vida surge-te perante a luz do nascimento.
A tua mãe estará contigo no primeiro respirar. É com ela (ou com o prestador de cuidados) que contarás a partir de agora. É dela que dependerás para sobreviver e crescer.
Aos poucos, compreendes o mundo à tua volta e gradualmente vais ganhando autonomia.
Todo o teu desenvolvimento visa a tua autonomia e não dependência.
És adulto e percebes que existe em ti um medo, que te controla o pensamento e a percepção sobre quem és e do que és capaz.
Um medo que comanda a tua vida.
Mas...

SHARE:

06/06/17

A terapia de casal no difícil caminho do Amor




À minha volta existem muitos casais a perderem-se. 
Casais que considerava seguros e inseparáveis. Casais que pareciam felizes [e eram].
No meu consultório os corações partidos são cada vez mais, na minha rede, das minhas pessoas também.
Ambiciono inverter essa tendência... O meu foco é no Amor e na reconstrução, como tal, hoje, relembro um texto sobre os benefícios da terapia de casal.

Não desistam!





“Parece que chegámos ao fim da linha…
As coisas não estão bem.
Já não há magia…”


Todos sabemos que construir uma relação afectiva demora tempo e é preenchida por momentos que nem sempre são mágicos! Uma relação, exige negociação e, acima de tudo, cedência e harmonia. Ser capaz de ceder, com o intuito de oferecer, de dar, de crescer a dois, é sem dúvida, a principal chave da harmonia.

Frequentemente é-me partilhado no “sofá terapêutico”, o quão difícil e assustador é, lidar com a palavra “Amo-te”! Por vezes, assusta só de ouvir… Não se sabe o que fazer, mas fica o sentimento de ter que responder igual.
É quase como se esta palavra, fosse sinónimo de Compromisso! Daí, o medo.


SHARE:
© A Psicóloga que também é Blogger . All rights reserved.