26/02/17

Um tempo em que não há tempo...




Na mudança há um tempo de pausa... 
Um tempo de estar com o pensamento. Um tempo em que as palavras escasseiam.
Na mudança há um tempo em que não há tempo... 
Não há tempo para nada além de viver e sentir mais um dia a nascer.

Tal como vocês, também eu sou repleta de sonhos, vontades, sentires. 
Também eu tenho os meus retiros, os meus silêncios, as minhas mudanças.
Sei que ultimamente não vos tenho brindado com a minha escrita, sei que tenho estado mais em silencio deste lado, mas sei que vocês compreendem e continuam aí desse lado à espera do meu regresso.
Esta página é mais vossa do que minha, é para vós que escrevo, são vocês que me inspiram.
É no acreditar na felicidade, no amor e numa vida melhor que baseio as minhas palavras, é no acreditar que vos planto a semente da fé das coisas bonitas que nos podem acontecer.

Deste lado, está tudo bem, apenas é um tempo em que não há tempo. 
Um tempo de mudança, de balanço, um tempo em que nascerão coisas novas, boas e bonitas.
Um tempo de [re]começar cheia de luz.
Estarei sempre aqui, mesmo que mais ausente.

Até já!

A vossa,

Débora
SHARE:

1 comentário

© A Psicóloga que também é Blogger . All rights reserved.