20/10/17

Quando a oportunidade está no obstáculo




“No seio de uma montanha vivia um jardineiro. Ia todos os dias até ao riacho que corria através do vale e enchia dois potes de barro com água para o seu jardim.
Com os potes cheios e equilibrados nas extremidades de uma vara de madeira, conseguia transportá-los pelo caminho íngreme que conduzia ao seu jardim, na encosta da colina. Era um trabalho árduo, mas o homem tinha muito prazer em cuidar do seu jardim. Num quente dia de verão, a meio caminho, decidiu descansar. Quando pousou os potes, uma pequena pedra no solo fez um furo num deles.

Alguns meses mais tarde, enquanto o jardineiro dormitava junto do riacho, o pote sem furo disse para o outro:
- Não serves para nada.
O pote com furo respondeu:
- Que queres dizer com isso?
- Tens um furo. Todos os dias, o teu dono trabalha arduamente para levar água para o seu jardim, mas, quando lá chegamos, a maior parte da tua água já verteu.
Quando ouviu isto, o pote com furo ficou triste.

No dia seguinte, o pote contou ao jardineiro como se sentia.
- Diz-me, meu amigo, porque estás tão triste? – questionou o jardineiro
- Todos os dias me enches de água e trabalhas severamente para subir a montanha, mas quando chegamos ao jardim, a maior parte da água já verteu.
- isso é verdade. Tens um furo. Mas sabes o que isso quer dizer?
- Quer dizer que não sirvo para nada. Já não consigo cumprir a minha tarefa, que é transportar a água – referiu o pote sentindo-se ainda mais triste.
- Já olhaste para o caminho que subimos para chegar ao jardim? Graças a ti, a berma do caminho está cheia de flores. Quando percebi que tinhas um furo, comecei a plantar sementes ao longo do percurso. Agora, o caminho está decorado com bonitas flores e as abelhas vêm colher o pólen dessas flores.Como vês, não és nada inútil.” 
Prem Rawat


Esta mensagem é para ti que te lamentas das dificuldades que a vida te tem colocado no caminho... É para ti que não acreditas na possibilidade de acontecerem coisas boas.
Este pequeno exemplo, pretende clarificar a tua mente, mostrando-te que em qualquer adversidade ou contratempo, existe sempre um lado positivo e que só depende de ti agarrar essa oportunidade!
Aceita a tua [im]perfeição e cuida das tuas [in]capacidades, que é como quem diz, vê o lado positivo de teres construído um jardim no caminho por existir um buraco no pote.



Débora Água-Doce
SHARE:

Sem comentários

Enviar um comentário

© A Psicóloga que também é Blogger . All rights reserved.