02/08/16

Agosto... mês de abrandar.




É chegado o nosso tão querido mês de Agosto e com ele as nossas merecidas férias. Este, já é há muito tempo o meu mês preferido, pelo cheirinho a mar e seu quentinho tão característico.

2016 tem sido para mim um ano de mudança. Muitas escolhas fiz no desenrolar destes meses...
Foi um ano de decisões profissionais mas sobretudo, pessoais.
Quem me conhece mais de perto, sabe que sou uma sonhadora e que estou sempre a correr atrás dos sonhos... Mas muitas vezes falho! Sim, muitas!!!
Muitas vezes sorrio quando queria chorar, muitas vezes digo sim, quando queria dizer não, ou não, quando queria dizer sim.
Muitas vezes senti e vivi, outras senti e não vivi. Corri atrás de muitas coisas, mas outras deixei ir... Agarrei o agora mas também o deixei fugir. Procurei a perfeição em tudo aquilo a que me propus e não a encontrei (ela não existe).
Hoje, ao olhar para este ano até então, lamento algumas coisas, orgulho-me de outras!
Aos olhos de outros até poderei parecer “perfeita”, mas aos meus, não o sou! Se o fosse seria um monstro!!! Ninguém é perfeito. Assumo a minha imperfeição!
Trabalhei e trabalho para tudo o que tenho e orgulho-me do que alcancei, contudo, também lamento o que recusei... O medo existe em mim [não estão sozinhos quando o sentem]. Há coisas às quais digo “não” sem lutar... É verdade! Disso não me orgulho! É algo que me desilude. 
Também eu tenho limitações... Todos somos parecidos de algum modo, na forma de sentir, de sofrer e de acreditar! Sou tão humana como tu que me lês ou como os meus pacientes! Mas é por conhecer tão bem essas minhas limitações que luto diariamente para as combater. Não serão mais fortes do que a minha vontade!

Profissionalmente, neste ultimo ano, atingi os objectivos a que me propus e outros que surgiram no caminho! Foi um ano enriquecedor, com inúmeras fontes de aprendizagem. Posso dizer que terá sido o ano em que “provei”, mais uma vez, que é possível “fazer acontecer”!
Mas como vos disse, não me orgulho de tudo. Aconteceu-me algumas vezes, ter vontade de chorar e quase não conseguir conter as lágrimas com alguns dos casos que se expunham à minha frente... 
Contudo, sinto que é isto a minha vida! Não poderei ser mais grata pela profissão que tenho.
Aprendi que muitas vezes, o que considero pouco, é muito para o outro! Que o “tempo da cura”, depende de quem está à minha frente e não unicamente de mim!
Aprendi que não posso exigir tanto de mim, nem dos outros!
Aprendi que sempre dei o melhor de mim, mesmo quando tive medo... E isso basta-me para continuar o “meu caminho”!

Neste meu caminho, tento todos os dias aprender e melhorar-me enquanto pessoa. Desafio-me diariamente e sei que é isso que me possibilita “fazer acontecer”!
Neste ultimo ano dediquei-me um pouco mais a mim, saí da minha zona de conforto muitas vezes e... Cresci!
Viajei sozinha para o “meu paraíso” e de lá trouxe aprendizagens para a vida na "terra real". Trouxe mais vontade de criar, mais projetos para desenhar e fazer acontecer.
Neste Agosto, também me vou desafiar... Indonésia é o destino! Esperam-me os grandes mestres de meditação e de Yoga... Vai ser mais uma viagem ao interior de mim, onde em contacto com o interior de outros, tenho a certeza que voltarei mais crescida [crescer, aprender... é esse o meu maior objectivo todos os dias].

A vida emerge a uma velocidade relâmpago! A uma velocidade em que se não estivermos atentos, deixamo-la passar sem a agarrarmos ou vivermos o que de melhor tem para nós!
Há momentos na vida em que nos perguntamos quem somos e para onde queremos ir. E não existem momentos certos para isso. Hoje, pode ser um desses momentos! É fundamental sonhar e traçar objectivos! Sem sonhos não avançamos. 

Estabelece objetivos e luta por eles, todos os dias!
Faz o melhor que conseguires e se errares, tenta novamente!
Cuida de ti!
Cuida dos outros também. Mas sempre sabendo que és a pessoa mais importante da sua vida!

“A vida não é triste. Tem horas tristes.” R. Rolland

Votos de um fantástico Agosto!
Regressarei com mais projectos ;) 


Um abraço,
Débora Água-Doce
SHARE:

Sem comentários

Enviar um comentário

© A Psicóloga que também é Blogger . All rights reserved.