14/07/16

Para ser Feliz é preciso deixar ir...




Somos constantemente exigidos a desempenhar vários papéis sociais [mãe, mulher, irmã, amiga, profissional, etc...] e somos constantemente exigentes connosco no desempenho dos mesmos.
Aprisionamo-nos em variáveis e pressupostos que consideramos serem necessários para atingir o reconhecimento dos outros, sim, porque consideramos que a felicidade reside no amor que nos é dado e na admiração que nos demonstram.
Mas será que é aí que reside a possibilidade de ser Feliz?
Ou será que depende da minha sinceridade com o meu Eu?
Sou honesta comigo nas minhas escolhas, ou correspondo à expectativa que acho que têm sobre mim?
Reflita um pouco sobre isto na sua vida...
A felicidade reside na coragem! Se formos suficientemente corajosos para olhar para o nosso interior, para nos aceitarmos, para nos melhorarmos, para sermos fiéis ao nosso coração, a magia acontece.
É preciso coragem para deixar para trás tudo aquilo que nos é habitual. Tudo aquilo que nos é familiar e reconfortante. Isto pode ser tudo, desde a casa até a velhos ressentimentos...
Se partirmos numa verdadeira viagem de busca interna, dispostos a aceitar tudo o que encontramos nesse caminho como pistas, integrando as ideias dos que connosco se vão cruzando, refletindo sobre os seus ensinamentos, aceitando o risco acima de tudo, de enfrentar e perdoar algumas realidades difíceis sobre nós, então a felicidade estará nas nossas mãos.
Deixe ir e... Seja feliz!

Um abraço,
Débora Água-Doce




SHARE:

Sem comentários

Enviar um comentário

© A Psicóloga que também é Blogger . All rights reserved.