12/07/16

Acredita em ti!




Tendemos a não valorizar o que é nosso!
Tendemos a considerar que não somos capazes!
Tendemos a sentir que os outros é que conseguem!
Tendemos a depreciar o que se faz em Portugal!
“Os de “fora” é que são bons!” Ouve-se por aí.
Mas será que os de “dentro” não têm valor?

Foi o Sonho, o esforço, a dedicação, o espírito de equipa e a fé que tornaram possível fazer acontecer o que ninguém acreditava.
Hoje escrevo sobre a imensidão de alegria que preencheu os Portugueses no dia em que fomos campeões europeus, no dia em que as diferenças culturais e socioeconómicas deixaram de existir por momentos, tudo por um amor maior, o amor de ser Português.
Não vou escrever sobre futebol pois acreditem, não iriam gostar, nem sei distinguir um fora de jogo, contudo, também eu me emocionei ao ver o nosso Ronaldo a sentir o sonho a fugir-lhe por entre os dedos sem nada poder fazer... E é sobre ele, sobre os outros e sobre esta vontade enorme de fazer acontecer que vos venho escrever hoje.

Éder, nasceu longe, em Bissau, mas cresceu num lar em Coimbra, longe dos seus pais por estes não reunirem condições para o educarem... A sua vida nunca foi facilitada mas nem por isso perdeu a capacidade de sonhar. Desde muito cedo que começou a sonhar em ser jogador de futebol. Muitos não o valorizaram, acredito que até ele deverá ter duvidado de o conseguir um dia, mas o certo, é que mesmo na duvida lutou sempre por aquilo que era o seu sonho.
Sonho esse que concretizou e o levou a fazer parte da Seleção Portuguesa!!! Qual é o jogador que não tem esse sonho um dia? Ele conseguiu!
Ele provou a ele próprio e aos que não acreditavam, que é capaz! Que tem valor e que consegue fazer acontecer!

Ronaldo... O nosso menino [sou sua fã incondicional, é o único que me consegue fazer ver futebol e emocionar com o mesmo], o menino da dona Dolores que cresceu na ilha a sonhar em vir para o continente e fazer a diferença. O menino que hoje é um Homem e o MELHOR DO MUNDO!!! Ele Sonhou, trabalhou, trabalhou, trabalhou, trabalhou, teve fé e conseguiu!
O nosso menino que nos levou longe, que colocou amor em cada passe, em que os olhos lhe brilham a cada golo, foi injustamente “tirado” deste sonho maior [levar o seu País a ser Campeão] logo no inicio...
Com tristeza e frustração sai de campo... Mas não sai do jogo. Continua lá a acreditar e transmitir essa fé à sua equipa!!!

Quando já não havia esperança, quando todos pensavam que os Portugueses não iam vencer, eles, os nossos jogadores, mantiveram o foco no objectivo maior e... A magia aconteceu!!!
Somos capazes!!! Apenas temos de acreditar e não desistir!!!

Lembram-se da história dos sapinhos?
“Era uma vez… Uma corrida de sapinhos. O objetivo era chegarem ao topo de uma grande torre.
No local, estavam imensas pessoas a assistir.
Começou a competição…
No meio da multidão apenas se ouvia: "Que pena... Os sapinhos não vão conseguir, não vão conseguir!"
E os sapinhos começaram a desistir. No entanto, havia um que persistia e continuava a subir, em direção ao topo.
A multidão continuava a gritar: "Que pena! Vocês não vão conseguir!"
E os sapinhos estavam mesmo a desistir, um por um... Excepto aquele sapinho que continuava tranquilo, embora cada vez mais cansado.
No final da competição, todos desistiram, menos ele!
Curiosos, os outros sapinhos quiseram saber o que tinha acontecido... E assim, quando foram perguntar ao sapinho como ele havia conseguido concluir a prova, descobriram: o sapinho era surdo!”

O nosso Éder e o nosso Ronaldo permitem-se a ser “surdos”!

Experimente também! Não desista! Acredite em si!!!
Diga: “Eu consigo!”
É possível!!!

SOMOS CAMPEÕES!!!

Um abraço,

Débora Água-Doce
SHARE:

Sem comentários

Enviar um comentário

© A Psicóloga que também é Blogger . All rights reserved.