22/12/16

Devaneio de 5ª feira...



Todos os dias me são partilhadas histórias de vida, vivências, emoções, sentimentos, medos, crenças... Descrenças... Todas as histórias são diferentes, importantes, emocionantes e apaixonantes. Contudo, nem só de consultas é preenchida a minha vida... E muitas outras histórias que não passam pelo sofá terapêutico, também acrescentam algo a quem sou.

Nessas pausas profissionais, muito acontece em mim!

Hoje...
No regresso do almoço reparei na tristeza estampada no rosto das pessoas com quem me cruzei...
Reparei nas pessoas que estavam a pedir dinheiro.
Reparei nas pessoas que senti que tinham fome.
Reparei nas pessoas que estão a precisar de ajuda e que não a encontram.

Reparei também, nas pessoas repletas de sacos de compras!

SHARE:

15/12/16

Compras... Sinónimo de saúde e bem-estar?

http://kaboompics.com/s3/recent



Nesta altura do ano onde o frenesim das compras se sente constante, é bom relembrar algo sobre isso ;)

Um estudo britânico demonstra que fazer compras queima quase 400 calorias por semana. Foram entrevistadas 2000 mulheres que afirmaram ficar mais cansadas após um dia de compras, do que depois de um treino no ginásio. Concluiu-se que uma mulher percorre cerca de 248 quilómetros por ano, só em compras. Por semana, gasta, em média, cerca de duas horas e meia, ou seja, 4,7 quilómetros. A pesquisa refere ainda que as mulheres vivem cerca de 13 horas por mês em supermercados, shoppings e lojas, e que duas horas seguidas de compras podem queimar 283 calorias, enquanto três horas podem simplesmente combater todas as calorias de um hamburger. Um outro estudo publicado no Journal of Epidemiology and Community Health, conclui que fazer compras não só é benéfico para a saúde, como evita a solidão, a depressão, melhora o equilíbrio mental e ajuda a viver mais e melhor, por mais tempo.

SHARE:

28/11/16

O Facebook que nos separa...



Hoje todos têm um facebook, hoje todos querem mostrar que são fixes e que têm uma página onde publicam a sua vida!
Hoje todos querem ser importantes para o mundo. Hoje todos procuram o elogio e o reconhecimento do outro.
Hoje vivemos na tentativa constante de ser melhor que alguém.
Até a avozinha já tem facebook... É a realidade!

SHARE:

09/11/16

Este não é um texto sobre política, é sobre pessoas!!!


Este não é um texto sobre política, este é um texto sobre pessoas. Sobre o mundo em que todos vivemos.

Eram 07h00 quando o meu despertador tocou... Num ápice levantei-me e acedi à internet, queria saber o resultado das eleições e: “Donald Trump é o novo Presidente dos EUA”!
Desliguei e fui fazer a minha aula de yoga. Não pensei mais nisso. No regresso para casa começou a chover, estava de phones a ouvir a minha música e a sentir a chuva a acariciar-me o rosto, sorri e vivi aquele momento com alegria. Foi o mindfulness do dia que não tinha conseguido alcançar na hora anterior de aula. Os bons momentos da vida são os mais simples.
Cheguei a casa, bem disposta e pronta para mais um dia de trabalho bom. Cheguei ao consultório e antes da primeira consulta, liguei o computador... Inevitavelmente qualquer página que abra hoje relembra-me a importância desta eleição. Inevitavelmente penso sobre isso e inevitavelmente sinto necessidade de vos escrever.
Esta escolha dos Americanos não é pelo Trump, é pelo mundo do consumismo onde estão inseridos.
As pessoas estão cada vez mais importadas com o TER e não com o SER e esta eleição é o espelho desta realidade Mundial!!!

Vivemos na Era do TER!!! Na Era do individualismo, na Era onde o “nosso umbigo” é o centro do mundo.
A nossa sociedade está cada vez mais alienada e desumanizada. Por todo lado nascem novos edifícios, por todo o lado existem carros que ocupam o espaço onde antes caminhávamos livremente pela rua.
As árvores dão lugar a projetos com potencial financeiro, os animais dão a pele pelas marcas de luxo que vais usar.
Importa-te ter os melhores gadgets, das marcas mais populares. Importa-te tirar aquela fotografia espetacular que te trará uma centena de aprovações, mas no fim... Vives num mundo onde o trabalho, os computadores, as televisões, a evolução económica, te prendem ao sofá e não te deixam sair e conviver com outras pessoas. Vives inundado  pela exclusão social e pela individualidade acentuada. Pela necessidade de TER como forma de preencher o teu vazio interno.

Como vos disse no inicio, este não é um texto sobre política, este é um texto sobre pessoas. Sobre o mundo em que todos vivemos.
Não existe em ti a capacidade de mudar o mundo, nem alterar esta eleição, mas existe em ti a possibilidade de mudar o teu mundo e de melhorar o mundo de alguém.
Assegura-te de que não te estás a isolar do mundo, trocando o amor pelo próximo e o valor de uma comunidade, pela exclusão social e a individualidade acentuada.
Assegura-te de que não vives na luta da competição do Ter!!! De que te serve ter isto e aquilo se depois não usufruis das melhores coisas da vida, do que a Natureza te dá?
Apesar da crescente tendência que nos rodeia pelo egoísmo em detrimento da ajuda ao próximo, conhecido ou desconhecido, cabe-te a ti contrariá-la no teu dia a dia.

Dá mais de ti aos outros.
Dá mais de ti a ti e aprende a viver o momento.
Viaja!!! Viajar é o melhor investimento do teu dinheiro... Conhece pessoas, culturas. Cuida de ti, cuida dos outros.
Ao dares de ti aos outros vais sentir-te melhor contigo próprio, vais melhorar o dia dessa pessoa, nem que seja apenas naquele momento.
Existem coisas tão simples que podem fazer toda a diferença na vida de alguém, coisas como simplesmente sorrir para alguém na rua...

Pratica a compaixão! Ela é contagiosa.
O mundo resulta da relação de todos nós!

Confia: o mundo pode ser um sítio muito melhor.


Um abraço,

Débora Água-Doce
SHARE:

04/11/16

A vida é o que está a acontecer agora!




SHARE:

02/11/16

Querido Novembro





Este será um mês como os outros, embora mais frio...
Será um mês que contará histórias de amor. De amor [im]perfeito.
De pessoas [im]perfeitas com sorrisos de fé!
Novembro é mês de castanhas e mantinhas no sofá :) [também acontecem coisas boas nos meses frios].
Votos de um mês “quentinho” e bom 

SHARE:

29/10/16

Chá das 5 com A Psicóloga que também é Blogger





Obrigada por esta partilha tão boa!!!
Existe em cada uma de nós a capacidade de mudar o mundo [o nosso mundo]!
Nunca te esqueças: a pessoa mais importante da tua vida és tu!!!




Há um lugar dentro de ti que só existe por ser para ti!




SHARE:

20/10/16

Chá das 5 com A Psicóloga que Também é Blogger

Há um lugar dentro de ti que só existe por ser para ti!

“Há um vazio dentro de mim que não consigo preencher... 
Sinto que estou sempre à espera de concretizar isto e aquilo para me sentir feliz e quando acontece, não sinto nada...
Saltito de relação em relação na espectativa de encontrar o Amor que me completará, mas a paixão é fugaz, surgem as diferenças e o amor falha.
Não tenho sorte nenhuma... As coisas boas só acontecem aos outros.
A minha vida será sempre assim: triste.”

Se és mulher e se te identificas com estas palavras, convido-te a vir passar uma tarde no Feminino a descobrir o lugar mais especial de todos. O lugar que existe dentro de ti e que só tu podes descobrir.

Inscreve-te no Chá das 5 com A Psicóloga que Também é Blogger e atreve-te a cuidar de ti!

Mais informações/inscrições: info@apsicologaquetambemeblogger.pt



SHARE:

19/10/16

Projecto português na área da saúde mental distinguido em Berlim

Foi com um enorme sorriso que aceitei ser Embaixadora deste fantástico projecto na área da Saude Mental :)
Que orgulho e privilégio em fazer parte desta iniciativa!
Já conhecem o Project Couch?
Em breve mais novidades!!!

"Um projecto de quatro portugueses empreendedores focados em resolver os problemas de acesso a cuidados de saúde mental em Portugal, e junto da diáspora, acaba de ser selecionado, em Berlim, para integrar um programa de aceleração de startups da área da saúde."



SHARE:

14/10/16


"Se pudesse ter uma vida paralela, gostaria de ter a vida de um caracol, carregando comigo a casa e plantando-a onde houvesse sol e silêncio, onde houvesse mar e espaço, onde houvesse tempo e distância. Há momentos assim na vida, em que nos sentimos tão próximos da beleza e da verdade que tudo o resto parece irremediavelmente fútil"

Miguel Sousa Tavares




SHARE:

12/10/16

Apagar a luz...?



Há dias em que tudo parece correr mal... 
Em que não tens vontade de sair de casa, em que o corpo te obriga a parar.
Há dias em que te apetece apagar a luz interior e descansar. 
Descansar e acordar apenas quando já tudo tiver passado. Quando o teu corpo estiver novamente alinhado.
Há dias em que só apetece fechar os olhos...
Há dias assim.
Mas mesmo nesses dias, não apagues a luz!
Esses dias fazem parte da vida, tal como os dias de luz!
Que bom que te permites a sentir.
Não fujas dessa dor, tal como também não foges dos sorrisos.
Aceita.
Não apagues a luz!


Débora Água-Doce
SHARE:

26/09/16

Encontro no Feminino



Enquanto mulher, tento transportar diariamente para o meu trabalho o brilho do Amor no feminino. Adoro a minha missão de vida e gosto especialmente de inspirar Mulheres.
De um convite da doce Cláudia para moderar um encontro que por ela é muito querido, surgiu a necessidade de pensarmos sobre "Amor Próprio". Enquanto inspiradora desse momento, fui desafiada a plantar a semente da autoestima neste lindo grupo, mas no final, quem veio de lá inspirada fui eu! 
Um grupo repleto de força e vontade de viver!
Obrigada a todas pela partilha de Sábado [que se estendeu a domingo – saímos de lá perto da 01:00, momento em que tirámos esta selfie colectiva], pela genuinidade de olhares e palavras, pela vontade de fazerem mais e melhor. Pela capacidade de se Amarem!

Nunca se esqueçam da frase mágica: a pessoa mais importante da tua vida és tu!

Grata por este "Encontro de Mulheres"!

Um abraço,

Débora Água-Doce
SHARE:

As palavras servem para dar significado ao que sentimos




Somos todos iguais na forma de sentir, na forma de desejar, de temer... Somos todos iguais, mas tendemos em querer ser diferentes, ser mais fortes. Nesse processo, muitas vezes deixamos de ouvir a nossa voz interna que nos diz o que estamos a sentir...
Tenho reparado que a minha escrita é na sua grande maioria sobre Amor, mas também reparo que muitas vezes tento escrever algo diferente e descubro que sem amor não tenho inspiração. Não preciso escrever diferente, apenas preciso ser fiel ao que existe dentro de mim e me torna pessoa. E por isso, o texto de hoje é sobre o que me move: o Amor!

Muitos de vós, sabem o quanto adoro animais, o quanto os defendo e admiro pela sua forma incondicional de amar e, muitos até sabem que sou perdidamente “apaixonada” pelo meu Nico [o gato mais amado do mundo]. Ontem, após um fim-de-semana repleto de mimos do Nico, dei por mim a reparar num comportamento recorrente para com ele. Peguei-o ao colo, abafei-o de beijinhos e no fim verbalizei: "Amo-te tanto meu gatinho". E quando o coloquei no chão, já quase a levar uma das suas dentadinhas [ele não gosta muito destas meiguices, mas eu insisto sempre] tomei consciência de como aquilo me sai espontaneamente e com enorme naturalidade e emoção, mas também reparei como não digo a algumas pessoas o quanto as amo...

E tu? Acontece-te deixar o tempo passar sem dizer o quanto aquela pessoa é importante para ti?
Não o faças mais...
Venho hoje pedir-vos que digam o que sentem pelos que vos são próximos! 
A vida é o agora. Não sabes se amanhã terás outra oportunidade para dizer algo. Se sentes amor, diz!
Muitas vezes apenas percebemos a verdadeira urgência de dizer “Amo-te” quando já não existe essa possibilidade. Quando a outra pessoa já partiu, e aí, não há formula que possibilite que nos ouçam.
Diz o que sentes!!!
Usa e abusa das palavras:
Gosto de ti!
Admiro-te!
Quero-te bem!

As palavras servem para dar significado ao que sentimos! 
Sentes amor? Expressa-o com um: AMO-TE!


Um abraço,

Débora Água-Doce
SHARE:
© A Psicóloga que também é Blogger . All rights reserved.