23/01/15

Quando a emoção e a razão se cruzam...



"Preciso de outro emprego Débora. Gosto de estar aqui mas tenho que ir à procura de mais. Estou parado, sinto isso e não gosto do que sinto. Querer ficar e ter que partir não é fácil... Não tenho medo do desconhecido apenas tenho de ir sem vontade. As coisas não são como queremos, são apenas como são e temos que ser resilientes e nos adaptar.”

Um desabafo que muitas pessoas fazem diariamente e que corrói... Quão difícil é escolher ir (procurar algo melhor) ou ficar (pelas relações que se estabeleceram)?
Existem momentos na nossa vida em que é necessário escolher e avançar! Seja lá qual for a escolha, apenas temos de a aceitar e fazer o melhor possível com essa decisão.
Como imaginas a tua vida daqui a 5 anos? Talvez a resposta a esta pergunta te permita decidir com mais clareza.
“As coisas não são como queremos”, dizes! Quase como se falasses da sorte ou azar, quase como se fosse coisa do destino... Mas sabes?
A sorte somos nós quem a faz!
Não acredito muito na sorte! Acredito na persistência. Na capacidade de irmos atrás dos sonhos, na resiliência (tal como dizes)! Acredito na capacidade de ultrapassarmos os obstáculos que se cruzam no nosso caminho. Na capacidade de ouvir um “não” e continuar à procura de um ”sim”.
Acredito no mérito!
Acredito na Paixão!
Sinto que só se pode ser realmente bom a fazer o que quer que seja, se realmente colocarmos paixão naquilo que fazemos.
Não acredito que a nossa sorte está dependente dos outros!
A sorte está em nós!!! A sorte está em lutar por aquilo que queremos.
Sei que muitas vezes é difícil e só apetece desistir, mas é importante não baixar os braços! É importante continuar a viagem!
Não desistas dos teus sonhos e coloca paixão em tudo o que fizeres… A Sorte vai aparecer!
E se errares? Tenta outra vez!
Eu também errei, erro e voltarei a errar. Mas não deixarei de tentar...
Não somos perfeitos!

Acredito em ti.


- Débora Água-Doce -
SHARE:

1 comentário

© A Psicóloga que também é Blogger . All rights reserved.