19/11/14

O vento que sopra a vida...




Há uns anos ainda eras um menino,
Ainda brincavas com carrinhos,
Ainda sonhavas ser marinheiro!

Há uns anos sonhavas sem medo,
Voavas nos sonhos,
Navegavas no pensamento!

Há uns anos o vento levava-te para a fantasia,
O conto de fadas existia,
O destino eras tu quem o fazia!

Há uns anos o vento não soprava a tua vida, eras tu quem a escolhia!
Eras tu quem decidia com que “carrinho brincar”,
Com que amigo jogar...

Hoje és adulto,
E hoje já não sonhas como antes!
Hoje já não arriscas como antes!
Hoje já não decides como antes!
Hoje já não queres ser marinheiro!

Hoje... O vento sopra a tua vida!
Vives ao “sabor do vento”... No compasso dos que te rodeiam.
Vives focado no que pensam de ti! No que esperam de ti!
Lutas por uma liderança que te é distante!
Lutas por um objectivo que não é o teu.
Desististe dos teus sonhos...

Não és marinheiro... Não és quem sonhaste ser!
És capaz, mas não arriscas!

Conformaste-te com “o vento que sopra a vida”!



- Débora Água-Doce -
SHARE:

1 comentário

  1. Em vidas....em desalinho .....
    Segue a vida a nos cobrar, e oramos ao céu. .
    "Me faz lembrar *Avohai* avô e pai"

    ResponderEliminar

© A Psicóloga que também é Blogger . All rights reserved.