08/11/14

Não podemos evitar a chuva...




Aqui no quentinho do meu sofá reparo na chuva lá fora.
Reparo no desenho que deixa, ao cair sobre as janelas... Parecem lágrimas...
Lágrimas de saudade... De tristeza.
Do que chorará o mundo?
Do que terá saudade?
Lamentará a forma como nos tratamos, como não nos amamos?
Lamentará os riscos que não corremos por medo?
Lamentará o sofrimento que provocamos nos outros?
Lamentará os olhares que se afastam?
Lamentará os que se lembram e não estão juntos?
Lamentará a fome?
Lamentará a guerra?
Lamentará a violência?
Lamentará a arrogância?
Lamentará a inveja?
Lamentará a vingança?
Lamentará a traição?
Lamentará as doenças?
Lamentará a morte?

Do que chorará o mundo?
Chora? Ou dá-nos a água que necessitamos para viver?
Chora ou “lava-nos” do que nos faz mal?
O mundo chora ou faz-nos parar para termos outra oportunidade?
Outra oportunidade de viver?
Outra oportunidade para agarrar o agora?
Outra oportunidade para sermos felizes?
“Não podes evitar a chuva!”... Não podes evitar sentir!

Do que chorará o mundo?
Do que sorrirá o sol?
Do que soprará o vento?



- Débora Água-Doce -
SHARE:

Sem comentários

Enviar um comentário

© A Psicóloga que também é Blogger . All rights reserved.