27/07/14

O cheiro do Amor




“Quando te beijei da primeira vez, senti algo inexplicável...
Senti uma “força maior” a puxar-me para ti!
Depois desse beijo, seguiram-se outros e outras vontades...
Que vício de ti!
Era capaz de passar horas, sentido o teu respirar apenas;
Sentindo o teu cheirinho bom...
Sentindo aquela parte que ladeia o teu nariz...
Tu sabes.”


Além da atração física, o cheiro é considerado também, um estímulo sedutor. Já reparou como aprecia o cheiro do seu parceiro?
Cada um de nós, possui uma formula de cheiros única! É como se tivéssemos uma identidade de odor que tem a potencialidade de aproximar ou repelir um potencial parceiro.
O ato de beijar, é por si só, uma forma de aceder ao hálito, odor corporal e perfumes individuais de cada um.

A culpa é das feromonas!!!
Com base em vários estudos, verificou-se que o nosso cheiro transmite informações a possíveis parceiros e pode contribuir para o sucesso ou fracasso da sedução. As feromonas são químicos emitidos por membros de uma espécie para produzir efeitos noutros membros dessa espécie, agindo como sedutores, no caso das feromonas sexuais.
Num estudo, foi pedido a todas as participantes que cheirassem um conjunto de camisolas utilizadas por diferentes homens. Era-lhes indicado que escolhessem a que mais lhes agradava. Concluiu-se que tendiam a escolher as camisolas dos homens com sistemas imunitários compatíveis com os seus.

O cheiro do seu parceiro é-lhe agradável e viciante?
Então, de acordo com a ciência, talvez esteja perante um parceiro compatível consigo :)



Débora Água-Doce
SHARE:

Sem comentários

Enviar um comentário

© A Psicóloga que também é Blogger . All rights reserved.