20/09/13

Quando o sim, dá lugar ao não! – Parte II




Tic tac… O dia mais feliz de Ana, transformara-se no dia mais infeliz!
Como recuperar da dor deste momento?
Como olhar à sua voltar e aceitar que o caminho agora se faz a 1?
Tic tac… O tempo parece não passar…

Ultrapassar uma perda, pode ser bastante difícil. Revêem-se os momentos partilhados… Questiona-se o porquê… Sente-se que talvez tenhamos errado em algum momento e temos a combinação perfeita para a depressão: Desilusão + Vazio + Culpa!
Como ultrapassar a depressão quando não queremos viver?
É possível renascer?
Se realmente quiser, tudo é possível!

Inicialmente, procure apoio junto dos que lhe são mais próximos (família, amigos). Não conseguirá ultrapassar esta dor sozinho(a)!
Partilhe a sua mágoa aos seus melhores amigos, essa companhia e apoio promoverão algum bem-estar.
Cuide da sua vida social. Evite isolar-se…
Já ouviu a expressão: “A Primavera não acaba por morrer uma Andorinha?” É verdade! Dói muito, eu sei, mas a sua vida continua! O mundo não acaba com o fim de uma relação!
Todos desejamos um amor eterno e para isso procuramos a pessoa perfeita, mas na verdade não existe só uma pessoa perfeita para nós, existem várias pessoas perfeitas que vamos encontrando ao longo da nossa vida!

A vida, vai sempre colocar-nos obstáculos no caminho! Mas nós, saberemos aprender com eles e seguir em frente. Não devemos desistir, em momento algum, daquilo que realmente sonhámos para nós!

Se neste momento está a passar por uma perda, semelhante ou não, à da Ana, olhe para o futuro, analise o que correu mal no passado, identifique o que não resultou e encare esta perda, como uma oportunidade de crescimento e de aprendizagem.
Muitas noites em branco e muitas lágrimas, serão a companhia mais presente nos primeiros tempos, mas, progressivamente recuperará a energia e o amor próprio, sentindo que está preparado(a) para começar de novo e quem sabe, atrever-se a viver uma nova relação amorosa.

Tente descansar… Relaxar… Tenha em atenção o seu estado de apatia e tente fazer uma alimentação saudável! O corpo e a mente são aliados na “cura” emocional da perda.
É duro o processo de desapego… Mas é possível!
E é possível voltar a Amar!
É possível Renascer e sorrir a 2 :)
Nunca é tarde para recomeçar!


Débora Água-Doce
SHARE:

2 comentários

  1. Descobri agora mesmo o blog... devorei uns 5 post de seguida, gostei mesmo muito e estou a seguir!

    http://thebutterflynotebook.blogspot.pt/
    beijinho,
    Fabiana

    ResponderEliminar

© A Psicóloga que também é Blogger . All rights reserved.